Agapornis



Agapornis é um gênero de aves psitaciformes, também chamadas de inseparáveis ou pássaros-do-amor. São aves barulhentas e ativas em liberdade e cativeiro, e dadas a demonstrações de afeto para com membros da sua espécie e humanos. Vivem em regiões secas relativamente arborizadas, em pequenos bandos e alimentam-se essencialmente de fruta, vegetais, ervas e sementes.

Tamanho e Longevidade
É uma pequena ave colorida, medindo cerca de 15 cm, variando um pouco de espécie para espécie. Podem viver até 10 anos ou mais.

Espécies
Oito nas nove espécies de Agapornis podem ser encontradas na África continental. Uma é originária de Madagascar (Agapornis canus). A. roseicollis pode ser encontrada em Angola e na Namíbia. A espécie A. personata encontra-se na Tanzânia. Cada espécie tem uma distribuição geográfica distinta.

As espécies de Agapornis são:
  • Agapornis canus - Inseparável-de-cabeça-cinzenta 
  • Agapornis pullarius - Inseparável-de-cara-vermelha
  • Agapornis taranta - Inseparável-de-asa-preta
  • Agapornis roseicollis - Inseparável-de-faces-rosadas
  • Agapornis fischeri 
  • Agapornis personatus - Inseparável-mascarado 
  • Agapornis lilianae - Inseparável-de-niassa
  • Agapornis nigrigeni - Inseparável-de-faces-pretas

Alimentação
Em cativeiro, alimentam-se de painço, alpiste, aveia, semente de girassol e milho verde.

Aves do Amor
Os Agapornis, se vistos na natureza, sempre voam aos pares. Após o acasalamento, o casal raramente se separa, permanecendo unidos até morrerem. Se for criado sozinho, torna-se triste e reservado numa primeira fase, e posteriormente pode vir a morrer de tristeza.

Quando se aproxima a época de reprodução o macho começa a alimentar a fêmea com maior frequência e ocasionalmente este tipo de comportamento é recíproco. Em cativeiro dois machos ou duas fêmeas podem se comportar como sendo um verdadeiro casal se não tiverem acesso a parceiros do sexo oposto. Essa necessidade de viver aos pares os deixou conhecidos como Inseparáveis ou Aves do Amor (Love Birds). Podem tornar-se muito sociáveis como os seus donos, mas precisam de muita atenção e carinho.



Pássaros do Portuga

(atualizado em janeiro/2013)



● Agapornis  Calafate  Calopsita  Canário Belga  Diamante Gold  Mandarim  Manon 

4 comentários:

  1. Infelizmente, um de nossos Agapornis morreu semana passada. Ficamos tristes ao saber que ela estava em período de tentativa de choca.
    Continuamos com outros dois exemplares dessas espécie colorida e "barulhenta", mas muito alegra também.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho um casal um macho fischeri malva e a femea uma personata azul,os dois cruzaram a 4 dias atras eu queria saber se vao botar;Me disseram que agapornis de espécies diferentes botao só que os filhotes nao podem botar

    ResponderExcluir
  3. Acredito que eles devem botar, mas não sei ao certo sobre a reprodução e o nascimento.
    Cruzamentos entre espécies diferentes são sempre um desafio. Eu também já ouvi isso, mas não posso te garantir se os filhotes serão férteis ou não.

    ResponderExcluir
  4. Já vi um casal de Agapornis vivendo juntos !A f~emea botou ovos na gaiola mas não sei se c
    chocou ...
    ASS;Lucas N

    ResponderExcluir